Ela merece

Conto de Super

Olá! Meu nome é Roger, tenho 1,80 m, 85 kg, 25 anos, moreno e, sem falsa modéstia, sou um rapaz bonito. Minha noiva, Julia, tem quase 1,70 m, 50 kg, 29 anos, loira “mignonzinho” , com sardas e deliciosa (!!!). Nós namoramos há 5 anos e recentemente compramos um apartamento para entrarmos na reta final para nos casarmos. Julia era louca para ganhar um anel de noivado e eu sempre me fiz de durão, então no dia 7 de maio fiz uma surpresa pra ela: fui até um bom Motel em uma cidade vizinha aqui no ABC decorei o quarto todo com bexigas de coração, pétalas de rosas , comprei comida japonesa, um lindo espartilho e um anel de noivado e, em seguida, fui buscá-la na Faculdade para a surpresa. Ao voltar ao Motel na recepção pedi a “suíte mais barata” , conforme o combinado.

Na porta do quarto ela se surpreendeu ao ver uma bexiga presa a porta: “Nossa! Nunca fomos a um Motel que fizesse isso...”. Ao adentrar foi estranhando toda aquela decoração e caiu em gargalhadas ao ver a lingerie na cama. “Você veio aqui? Pediu para fazerem isso?” e eu neguei sem ser muito convincente. De repente, ela avistou na cabeceira da cama alguns de nossos “brinquedinhos” que lhe causou mais risos. Ao procurar por mais alguma coisa correu os olhos pela cabeceira e viu uma falsa rosa. Pegou-a e viu que era uma caixinha para anel e, confesso, que veio um nó na minha garganta ao ver sua emoção ao descobrir que era a tão sonhada aliança. “Voou” nos meus braços e se “derreteu” todinha...

Após juras e juras de amor me surpreendeu e perguntou onde estava a máquina de fotografia, algo que ela evitava ao máximo, pois só me deixou fotografá-la deliciosamente nua uma vez, cerca de dois meses antes, dizendo que a próxima seria só após o casamento.

Vestiu o espartilho, um outro sonho secreto, e iniciamos a sessão se fotos.

A cada pose sensual meu pau latejava e babava mais e mais, ela estava deslumbrante. A coisa mais importante na minha vida é fazer essa mulher feliz, isso me realiza, meu gozo é o gozo dela, nosso amor é maravilhoso: romântico e sem frescuras, seu corpo é todo meu e o meu todo dela.

Ela fez um delicioso oral em mim, jantamos romanticamente com direito a vinho, tomamos um banho na hidro gigante (!) e fui fazer uma massagem no meu amor. Ela deitou com aquele cu maravilhoso pra cima e comecei a massagear seu corpo. Sempre que chego na sua bunda se torna um momento especial, ela é fissurada em anal e eu adoro aquele “botão”!!! passo bastante óleo e faço movimentos firmes pra deixar aquela bunda toda arreganhada; é maravilhoso ouvir o som da sua boceta ensopando cada vez que eu abro sua bunda! Ela bem “molinha” pelo vinho já estava entregue. Então aproveitei pra chupar seu cu, que a essa altura “gritava” por minha rola. Peguei um de nossos brinquedinhos, uma bala com vibro e introduzi em seu cu. Deixei em uma freqüência bem lenta e fui chupar sua boceta babada. Ela se contorcia de tezão e implorou pré eu socar a rola na sua boceta. Transamos de ladinho durante alguns minutos e ela não se acanhou e logo pediu o que mais gosta: “Ai Ro! Me pega de quatro...”. Respondi: “Então empina essa bunda bem gostoso pra mim, empina!”, e tome rola! Tirei o vibro do seu cu e matei nossa vontade: enterrei meu pau todinho no seu cu. Ela adora que eu dê uma mijadinha tanto no seu cu, quanto na boceta, então não deixei ela passar vontade... A cada estocada um gemido mais gostoso anunciava um intenso gozo. Em mais uma troca de posição ela pediu pra vir por cima, e quando isso acontece, ela sempre goza como uma cadela, ou então, como dizemos, como a minha puta. Ninguém imagina o amor e o respeito que sentimos um pelo outro e como nos entregamos de corpo e alma nesta relação.

A cada galope o prazer aumentava, gozadas sucessivas tomavam conta dela e meu pau estralava de vontade de jorrar porra naquela boceta. Antes que eu gozasse, ela pediu mais uma vez pra eu foder o seu cu, e eu detesto contraia-la (rsrsrs). Com sua própria mão levou meu pau até seu cu e sentou até o saco. Rebolou e se melou todinha!! Saiu de cima do meu cacete e foi mamar no meu pau... eu fui ao delírio pois sou louco pra vê-la beber toda minha porra sem deixar nenhuma gotinha. Não agüentava de tesão e veio novamente galopar na minha rola e eu apertava bem forte sua bunda enquanto nos beijávamos. Enfim gozamos juntos numa intensa explosão. Ela continuou por cima de mim com meu pau (já meio mole) passando nos seus grandes lábios quando deu uma mijada gozando e “lavando” a mim e a cama... caímos na gargalhada, pois somos muito liberais e eu adoro vê-la se acabar de tanto gozar!!! Eu sou completamente louco por essa mulher, ela é meu vício, minha vida. Somos pra sempre!!! Após a “maratona” trocamos o lençol, tomamos um banho e fomos dormir. Bem pelo menos eu fui, pois deslumbrada pela aliança nem dormir ela conseguiu. Ela merece muito mais, e Deus me dará capacidade de construir o maior dos castelos pra minha princesa. Beijos.

Comentários

Há 1 comentários.

Por dotadosafado em 2016-03-12 16:38:36

Adoro mulher safada que gosta de ser bem fodida, mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,depois de algumas exp. passei a gostar demais de ficar cobiçando uma mulher safada, ou vela se exibindo, até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos..e vontade.. whats (um, nove, nove, oito, nove, dois, dois, quatro, um, quatro, oito)